terça-feira, 15 de outubro de 2019

Identidade visual da candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura


Foto: Fotos oficiais sobrepostas
No próximo dia 17 de Outubro vai ser a “Apresentação da identidade visual da candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura 2027, no Café Concerto do TMG.
Gostaria de ver respostas às seguintes perguntas:
1 – Como é constituída a nova equipa da Candidatura?
2 – Se os projectos apresentados pelo coordenador demitido são “inexequíveis conforme disse o Presidente da Câmara” e tendo sido gastos mais de 20 mil euros em honorários, vai a Câmara pedir a devolução desse dinheiro?
3 – Qual o orçamento que a candidatura tem para a realização do trabalho?
3 – Quanto já se gastou até agora?
4 – Qual o gabinete, não sendo os técnicos da câmara, que desenhou a identidade visual e quanto custou?
5 – Quando tencionam apresentar na Guarda a candidatura?
6 – Qual o investimento previsto para colocar no terreno o projecto se for aprovado?

domingo, 13 de outubro de 2019

“Fête des Vendanges, em Montmartre” – O equívoco das palavras


Quando começámos a ler as notícias sobre a participação do Município da Guarda em parceria com o Município de Figueira de Castelo Rodrigo na” Fête des Vendanges’, que vai decorrer de 11 a 13 de outubro, em Montmartre, Paris” e para apresentar produtos endógenos, ficámos curiosos como com tão pouco dinheiro, cerca de 10 mil euros, fora as despesas da comitiva, se chegava àquela “Festa”.
E a explicação é simples. Duas Senhoras em Paris, empreendedoras de eventos, provavelmente, juntam vários Municípios e Comunidades Municipais num único stand e já está. Tudo mais barato.
“A delegação deste ano integra os municípios da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, a Comunidade Intermunicipal do Oeste, Palmela, Guarda, Torres Vedras, Reguengos de Monsaraz, Pinhel, Lagoa, Albufeira, Lagos, a AMPV – Associação dos Municípios Portugueses do Vinho, a RECEVIN – European Network of Wine Cities e a Confraria do Vinho de Carcavelos.
“Este é o terceiro ano consecutivo de participação nacional, com a organização da My Genuine Portugal, empresa de duas luso-descendentes, Ana Sofia Oliveira e Dina Carvalho Sanches”.
E para terminar a “Festa”
“O Município da Guarda participa na festa promovendo os produtos endógenos da região e a pretexto desta participação apresenta em Paris a Candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura em 2027. “Já o Município de Pinhel irá promover os seus vinhos”.

sábado, 12 de outubro de 2019

“Beatas”


Não podendo as “beatas” ir para o chão, colocam-se no que estiver mais à mão
Ou a arte do desenrasca

sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Animador de qualquer coisa


Consta-se por aí que já foi apresentado um novo colaborador na Câmara da Guarda.
Será um Madeirense, desconhece-se o currículo
Irá desempenhar um lugar de animador nos serviços educativos da Câmara ou talves na Capital Europeia da Cultura
Consta-se também que será bem pago.
Aguardam-se mais informações oficiais.

Adenda para esclarecer:

https://www.mun-guarda.pt/Portal/conteudo.aspx?SS=conteudos&Lista=Est%C3%A1ticos&ID=115&fbclid=IwAR1vOynsyvSHDD674gF9HplR1uerv040BpJCdrO35rwXdhya3RN5HVt_bEk

quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Exterior do Centro Coordenador de Transportes


A recuperação do Centro Coordenador de Transportes teve direito a festas e grandes títulos de jornal.
Foi uma das primeiras obras da revolução prometida por Amaro quando chegou à Presidência.
Não houve revolução nem recuperação.
N Interior, o cais mete medo.
No exterior a degradação é bem evidente e as festas ainda contribuem mais para este estado.
Este ano até se lembraram de abrir dezenas de buracos no já sacrificado alcatrão. Nem a passadeira escapou.
Gastaram mais de um milhão na recuperação, e quando se lembrarem de voltar a recupera, será mais um milhão
(Até o boneco às cores com televisão jaz morto e abandonado, o menino que teve pai e mãe)

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Luminárias LED


O Vice-presidente da Câmara da Guarda anunciou que se vão gastar cerca de 3 milhões de Euros para instalar 6 mil luminárias com tecnologia LED.
Será um bom investimento, rentabilizável
Poderiam aproveitar a ocasião para alterar a localização de alguns candeeiros que impedem a passagem de pessoas nos passeios, como é o caso na Rua mestre de Avis.
Porque é que este pequeno pedaço de rua nunca entrou nos planos de “mobilidade” da cidade?

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

E a eleição teve vencedores, vencidos e empatados


Foto: Galeria de Fotos da Assembleia da República
Como em todas as eleições há vencedores, vencidos e empatados. Esta é a minha leitura
1 – A nível Nacional
Venceu o PS. Não sendo uma vitória esmagadora foi suficiente, apesar de 3 semanas de pesadelo, com o jornal Expresso a ser a principal oposição e a vender imventinhas e outras histórias.
Perdeu o PSD Não foi uma derrota esmagadora, mas foi derrota. No discurso de derrota, Rio ganhou. Ganhou às sondagens. Ganhou ao PS. Ganhou à SIC e à Comunicação Social e sobretudo ganhou aos comentadores e aos críticos internos. Espera-se reacção dentro de momentos. Perdeu Rui Rio que assumiu que o PSD é um partido de direita. Comece a olhar para a vizinha espanha.  
Perdeu o CDS. Desde que abandonou a sua matriz humanista que foi sendo substituída por truculentos deputados está a perder-se. Se voltar à sua matriz talvez tenha futuro.
Empatou o BE. Promete o céu na terra e o inferno no céu, ficou com os mesmos deputados, perdeu muitos votos. Estagnação ou apenas intervalo? Talvez montanha russa sobe e desce conforme as conjunturas.
Perdeu o PCP. Naturalmente. Seguramente que voltará a renascer.
Ganhou o PAN. De 1 para 4. Diz-se que foi uma grade vitória. Isso era o que dizia a minha galinha, punha 1 ovo de mês a mês e passou a pôr 1 ovo de 15 em 15 dias. Grande vitória diz a galinha. Tirei-lhe o pio. Enquanto partido animalesco, herbívoro e humanoide não me leva.
Ganhou o Chega, A extrema-direita chegou com o Chega e deve chegar 1 deputado. Os restos do CDS que se cuidem. Olhem para a vizinha Espanha.
Ganhou o Liberal. Um deputado para defender o capitalismo selvagem
Ganhou o Livre. Um deputado para amenizar o BE.
2 – A nível Distrital
Ganhou no PS, perdeu o PSD e ponto.
As três listas que nos apresentaram (2 do PS e 1 do PSD) com os nomes do distrito eram medíocres.
Olhando bem, não há nomes que tenham arcaboiço e força a nível nacional. Pode haver um nome em cada lista, jovens, que têm potencial. Se abdicarem de projectos pessoais e mais cortesia talvez um dia possam chegar ao topo ou quase.
Uma pergunta: Destes nomes apresentados, votaria em algum para Presidente da Câmara da Guarda?
Derrota estrondosa do PS em Celorico da Beira, Já não é novidade. Tirem conclusões.
O discurso de derrota de Peixoto foi na linha de Rio. Os inimigos internos, que não se notaram nem em Pinhel nem em Aguiar da Beira
3 – A nível Concelhio
Vitória estrondosa de Pedro Pires. Depois ter começado a estilhaçar o PS em 2013, continuado o seu trabalho em 2017, depois dos seus comentários brilhantes, entrou em grande, pela porta grande e pela mão do Deputado Pacheco e de mais alguém, que não digo, e acabou de estilhaçar o que restava. Quem virá juntar os cacos?

sábado, 5 de outubro de 2019

5 de Outubro 1910 - 2019


109 anos passaram e já pouca gente se lembra que hoje é feriado nacional e o que representa este dia.
Assim é, que hoje vi gente da Guarda a colocar moedas nos parquímetros e outros a perguntarem porque é que estava tudo fechado.
Quem nunca se esquece é a “Filha do Barateiro” que faz questão de embelezar a montra do seu comércio com a Bandeira Nacional e com dois bustos da “República”.
O “Barateiro” já não está entre nós, deixou a semente republicana.

sexta-feira, 4 de outubro de 2019

O Queijo como fonte de malefício para a saúde


Foto: Solar do Queijo, Celorico da Beira
O Padrinho Amaro quando provou o bolo “Sancho” pela primeira e única vez e ao constatar que tinha recheio de queijo de ovelha da Serra da Estrela confessou que não gostava do queijo da serra e por isso não gostava do “Sancho”
Um dia destes, o Afilhado Peixoto, num debate entre candidatos a Deputados, confessou que não comia Queijo da Serra da Estrela porque fazia mal à saúde.
Apesar de Trump ter agravado para 25% os impostos sobre a exportação do nosso queijo o consumo vai aumentar em Portugal e nos EUA
E sabem porquê?
1 – Porque lá diz o ditado, “queijo proibido é o mais consumido” e os Portugueses ainda acreditam na crença popular.
2 – Os nossos Autarcas nas suas viagens de recreio às comunidades Portuguesas de Newark e Boston carregarão as suas malas com queijo.
Nota 1: O Queijo tal como é mostrado na fotografia faz muito mal sobretudo à carteira, desperdiça-se mais de metade.
Nota 2 - Também é crença popular que o queijo faz muito mal ao cérebro, sobretudo a alguns políticos, ficam com falta de memória e esquecem-se que foram contra no dia-a-dia e agora em campanha prometem que vão fazer, mesmo sabendo que não podem prometer.

“Fake News” sobre a Guarda Capital Europeia da Cultura – 2


As “Fake News” sobre a Guarda Capital Europeia da Cultura continuam a proliferar como cogumelos e já nem sabemos distinguir o que é “Fake news” do que é “Real News”
Vamos às últimas:
1 – A candidatura vai a Paris `feira das vindimas e à Câmara de lá do sítio vender cobertores de papa e vergas de Gonçalo. A comitiva é numerosa e só para o stande da feira lá vão uns 10 mil, euros claro,
2 – Demitiu-se o consultor/coordenador e culpa o Vereador da oposição. O Presidente acusa o consultor/coordenador de apresentar inexequíveis
3 – O novo Coordenador já está nomeado e contratado, dizem que vem do centro do Atlântico Português e valerá aí uns 3 mil, euros, claro
4 – E segunda-feira há novidades para abanar a monotonia da cidade e não tem a ver com as legislativas, porque essas são no domingo
5 - E hoje é dia da Feira de S. Francisco

Adenda "Real News" Terras da Beira:
João Heitor (Consultor em Paris) lamenta que estas propostas «nem sequer resposta tiveram» e o que está previsto «resume-se a uma acção comercial de vinhos». Foi a Estrutura de Missão da candidatura (que integra o presidente do Município, o vereador da Cultura e também o coordenador) que decidiu, sem o conhecimento de José Amaral Lopes, participar na “Festa das Vindimas”, em Paris, nos próximos dias 11, 12 e 13, para divulgar a candidatura.

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Dia Mundial dos idosos


Foto: Câmara Municipal da Guarda
1 - No dia 1 de Outubro foi o dia internacional dos idosos
2 – No dia 2 de Outubro a Câmara Municipal da Guarda organizou mais um passeio. Desta vez a iana do Castelo
3 – A Associação de Idosos do La Vie, a Associação de Idosos da Central de Camionagem e a Associação de Idosos da Madrilena não compreendem os critérios de seleção dos idosos para passear nem tão pouco como são feitos os convites
4 – Espera-se que no próximo ano estas associações sejam contactadas.
5 – A bem da igualdade de oportunidades de todos os idosos.

quarta-feira, 2 de outubro de 2019

“Fake News” sobre a Guarda Capital Europeia da Cultura


Não havendo grandes notícias sobre o processo e custos da candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura, inventam-se notícias e que saltitam por aí. Claramente são “Fake News.
Fake 1: Está já definido quem vai ocupar os lugares a tempo inteiro
Fake 2: Alguns já começaram a trabalhar, com trabalho nas Américas
Fake 3: Há quem tire cursos a expensas da Cãmara para a candidatura melhorar
Fake 4: Os vinhos vão ser estrela em Nova Iorque e em Newark
Fake 5: Uma feira de vinhos em França será o veículo utilizado para difusão da candidatura naquele país
Fake 6: O coordenador continua a faturar e ainda não apresentou coisa que se visse.
Fake 7: Dentro em breve serão apresentadas as contas, o orçamento previsto e responder a todas as dúvidas.

terça-feira, 1 de outubro de 2019

Caixas Técnicas


Este belo conjunto de “Caixas Técnicas” em estado deplorável encontra-se na rotunda junto à Escola Secundária da Sé.
Rua Senhora dos Remédios, Rua Francisco Pissarra de Matos, em frente à pastelaria.
Foram os automóveis? Talvez. Mas o desleixo é inexplicável.

segunda-feira, 30 de setembro de 2019

Obras na Rua Mestre de Avis


Começaram as obras no muro do Quartel da GNR na Rua Mestre de Avis
Será o início da chamada “Alameda do Bonfim” ou apenas a reparação do muro que ameaçava derrocada?

domingo, 29 de setembro de 2019

O Campo de relva sintética de Vila Cortês do Mondego


A conclusão das obras de arrelvamento sintético do campo de Vila Cortês do Mondego e que passará a chamar-se “Estádio do Vale do Vale do Mondego” continua sem se saber exatamente quando vai acontecer.
A obra total está orçamentada em 250 mil euros mais IVA (307,5 mil Euros)
A Câmara gastou em infraestruturas 120 mil Euros Mais IVA (144 mil Euros)
O Governo vai contribuir com 50 mil Euros
Quer dizer que a Câmara terá que encontrar no seu orçamento mais 113,5 mil euros para completar a obra.
Não imagino o ponto de situação dos procedimentos e adjudicações. No Portal Base ainda não há nada publicado, que eu desse conta.
Será que haverá campo utilizável antes do fim do campeonato que vai começar?
Duas questões laterais:
1 – Justifica-se que o Estádio Municipal da Guarda seja interditado mais de um mês à prática do futebol só porque a seleção Portuguesa de futebol sub-20 vem fazer um jogo treino com a Itália? Contribuirá para a difusão da modalidade? Quanto vai receber o Município por esta cedência. Não esquecer que estamos a falar de estruturas profissionais da FPF.
2 - E como está a recompra do campo do Mileu? E como está o processo do campo do Mileu? E o processo disciplinar pelos dois segundos de atraso? Já recorreram da decisão e para que tribunal?

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Mundo solidário


4 Fotos
4 Situações
4 Países
Um Mundo

quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Não há dinheiro para investimento? Há. Vamos investir numa nova rotunda


Há dias o Presidente da Câmara disse que não baixavas as taxas, taxinhas e outros derivados porque precisava de dinheiro para investir na Guarda. Tudo bem.
E o que anuncia? Uma nova rotunda na Avenida de S. Miguel entre duas existentes e que distam cerca de 300 metros.
E para quê? Resposta do Presidente: “A nova rotunda, a ser construída em frente ao Centro de Inspecções de Automóveis, vai regular o trânsito e facilitar o acesso mais rápido a todos os serviços comerciais”.
E quanto custa? Não disse. Mas pela tabela das rotundas será assim e sem IVA: 100 mil Euros para infraestruturas. 100 Mil Euros para a rotunda. 100 Mil Euros para adornar a rotunda. Fora as flores, a relva e a mão-de-obra necessária.
E aquilo servirá para alguma coisa? Se o Presidente diz nós acreditamos, mas criticamos.
Aquilo não serve para nada.
Uma rotunda para servir um parque de estacionamento de um lado e a inspeção de carros do outro é despesismo sem sentido.
E o que diz a oposição: Claro, vota a favor, porque também é da opinião que uma terra não é desenvolvida se não tiver rotundas. E a Guarda já tem mais de 55.
E lá vamos cantando e rindo, de rotunda em rotunda, até à rotunda final

quarta-feira, 25 de setembro de 2019

A variante da “Ti Jaquina”


Em declarações públicas o Vice-presidente da Câmara, muito activo nas últimas semanas a apresentar projectos, vem fazer o ponto da situação da chamada “variante da Ti Jaquina”
“A ligação da variante vai da rotunda da Ti Jaquina) à VICEG, já está em fase de conclusão e parece haver condições para obra começar já no próximo ano”.
“É uma via fundamental e estrutural para o desenvolvimento da cidade e também do concelho”
“Esta é uma obra de grande envergadura, esta variante vai ter quase 1000 metros de extensão”.
“A variante vai ter faixas duplas, em ambos os sentidos e acessos aos bairros que atravessa, Bairro da Luz e da Nossa Senhora dos Remédios”.
“A obra tem um custo de 3,5 Milhões de euros, suportados na íntegra pelos cofres do município, pode avançar no segundo semestre do próximo ano, com uma duração dos trabalhos de cerca de ano e meio
Observação fofoca: No tempo do outro senhor só ele se autorizava a falar e ocasionalmente deixava dizer qualquer coisita aos seus escolhidos. Agora observamos que há mais faladores. Campanha para as legislativas ou candidatura à presidência da Câmara?

terça-feira, 24 de setembro de 2019

Ajudar a agricultura familiar


O Presidente da Câmara disse que queria ajudar os produtores agrícolas locais. E o que pretende fazer?
1 - Tirar da gaveta um projeto com cerca de cinco anos, e que é a construção de um centro de produtos agrícolas na plataforma logística da Guarda.
2 - Em conjunto com associações de produtores ou isoladamente, fazer uma candidatura para criar na PLIE um centro de recolha, armazenamento, calibragem e distribuição de produtos agrícolas produzidos na região
3 - A distribuição dos produtos pode ser feito para as grandes superfícies ou através de plataformas digitais que fazem depois o seguimento para mercados urbanos.
4 - Este novo centro pode ajudar os agricultores a escoar os produtos.
5 - A agricultura também pode criar novos postos de trabalho se houver incentivos por parte da administração central.
O que gostava de ter ouvido:
1 – Existe no Concelho da Guarda uma Cooperativa agro-pecuária que dispõe de instalações próprias na Guarda-Gare a caminho da Sequeira
2 – A Cooperativa tem existência legal e as instalações estão deficientes e precisam de ser melhoradas
3 – Vamos analisar, para já, com a Cooperativa o que pode ser feito
4 – Caso avance este projecto propor à Cooperativa uma troca de imóveis: A cooperativa dá os terrenos e edifícios que possui e em troca recebe instalações novas na PLIE (Se ainda houver espaço disponível)
5 – Serem os agricultores e cooperativa a candidatarem-se aos fundos nacionais e europeus e a Câmara dar o apoio logístico, em projectos e assessoria.
E entretanto vamos ver o que isto dá e daqui a quanto tempo.

domingo, 22 de setembro de 2019

Voltamos aos passadiços do Mondego – Parte 4


Foto: Câmara Municipal da Guarda
Em 22 de fevereiro de 2019 foi aprovado o seguinte:
Aprovar a adjudicação da empreitada “Passadiços do Vale do Mondego Lote I e II”.
1 - O Lote I, é adjudicada à empresa Carmo, Estruturas em Madeira, S.A., pelo valor de 1.257.227,57 Euros acrescidos de IVA à taxa legal, com um prazo de execução de 360 dias.
2 - O Lote II, é adjudicado à empresa Floponor, S.A. pelo valor de 1.466.483,37 Euros acrescido de IVA à taxa legal, com um prazo de execução de 360 dias.
Na última reunião de Camara o Presidente fez o ponto de situação e disse segundo os jornais:
1 – “O Tribunal de Contas (TC) ainda não deu luz verde à construção dos “Passadiços do Mondego
2 - “O presidente da autarquia informou que o TC solicitou ao município que justifique que há «sustentabilidade financeira para fazer aquela obra, se não houver fundos comunitários». «Foi-nos pedido novos esclarecimentos: como é que a Câmara tem condições para suportar esses custos».
3 - “O projecto da Câmara Municipal da Guarda está orçado em 1,3 milhões de euros”. ”A empresa que foi escolhida para concretizar o projecto é a Carmo Wood”
E é aqui que eu não estou a perceber nada do assunto.
Então se foram aprovados dois projectos e com duas empresas diferentes e que suponho são complementares porque é que se fala só em um?
Foi abandonado um deles?
Vai ser feito por fases? E como vai ser cada fase?
E em que reunião de Câmara foi decidido não avançar com um projecto?
Muitas interrogações para um projecto que nos disseram ser estruturante para a Guarda.

sábado, 21 de setembro de 2019

Votar é uma obrigação de todos

Acabou a pré-campanha eleitoral
Começou a campanha. 15 dias para convencer todos os Portugueses a votar
Da abstenção não aproveita ninguém

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Publicidade aos eventos da Guarda


A Câmara da Guarda adjudicou a cobertura televisiva dos seus eventos
Fundamentação: ausência de recursos próprios
Entidade adjudicatária - ARPA, UNIPESSOAL, LDA
Objeto do Contrato: Aquisição de serviços de cobertura e difusão televisiva de eventos do Município, Serviços de rádio e televisão
Preço contratual: 4.990,00 Euros mais IVA
Prazo de execução: 518 dias ou 40 eventos
E afinal quem é a ARPA UNIPESSOAL?
Sede em Lisboa na Avenida Almirante Reis. Sobreloja
Sobre a Actividade da Arpa, Unipessoal Lda:
Construção civil e obras públicas. Remodelação e restauro de edifícios. Decoração e restauro de interiores. Compra e venda de imóveis
Já tinhas o exemplo na Rua do Comércio de uma empresa de construção civil a construir bancos e agora temos outra a publicitar eventos?

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Feira Farta 2019


Este ano estive para participar como produtor na Feira Farta. Era 421º produtor, ganhava 60 Euros e algumas refeições.
A natureza não me ajudou e quando me quis inscrever já era tarde.
E sou produtor de quê? Com dois produtos com muita procura: Tomates artísticos e Romãs.
Os tomates artísticos seriam um bom nicho de mercado só que amadurecem quando eles querem e não quando eu quero.
E as romãs? Têm boa pinta, estão verdes e com o outono que se aproxima não vai haver romãs para ninguém. Talvez para o ano.
Assim aproveito para ver:
O Concerto do Rouxinol Faduncho que custa 5.500,00 euros mais IVA   
O Concerto dos Anjos que custa 13.500,00 euros mais IVA
Mais uns quantos grupos que vão actuar e que foi divulgado o preço
Quero passear pela tenda gigante que custa umas notas grandes e que já estando montada e ainda não se sabe quanto custa porque ainda não foi publicado o contrato no portal base.
Tudo somado custará mais de 170 mil Euros, fora o trabalho voluntário dos funcionários da Câmara
Espero para o ano não faltar como produtor, nem que tenha que ir comprar produtos ao vizinho.
E ainda espero que verdadeiramente a 2Feira Farta” seja uma festa dos produtores que durante o ano venderam os seus produtos no mercado local ou nacional.
Em roda pé: Suponho que os produtores de filhós, biscoitos, bolos e afins vão receber os 60 Euros referentes à apresentação dos seus produtos. Só não sei como os vão distinguir dos milhares de bolos, filhós, biscoitos e afins que estão a ser encomendados às padarias locais. Ou também de fora? Bom negócio ara as padarias.

quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Regeneração urbana

O Vice-presidente da câmara fez um balanço do que se gastou, em curo de gasto e a gastar referentes a 12 milhões de euros de obras financiadas através do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) e do Pacto da Coesão Territorial.
Então é assim:
1 – Realizadas por cerca de 4 milhões de euros
Rotunda e o chafariz da Dorna. Requalificação do Parque da Cidade. Zonas verdes. Infraestruturas escolares. Acesso coberto ao estacionamento do TMG. “São alguns dos exemplos de intervenções que já foram executadas”
2 – Em curso de realização por cerca de 1,5 milhões
Intervenção na Torre dos Ferreiros. Intervenção na Escola Secundária da Sé. Intervenção na zona histórica da cidade com a criação do Quarteirão Associativo. “Devem estar concluídos no máximo durante o 1º semestre do próximo ano”.
3 – A realizar por cerca 4,5 milhões de Euros
“Em breve devem começar outras intervenções em alguns bairros da cidade e zonas verdes num investimento de cerca de 1 Milhão de euros”.
“Em fase de conclusão de projeto e para lançamento de empreitada, estão na calha outras intervenções”.
Ruas Tenente Valadim e do Encontro. Eixo rodoviário que liga o Estádio Municipal à Alameda de Santo André com a requalificação da Avenida Alexandre Herculano e Rua Soeiro Viegas. Pedovia/Ciclovia paralela à VICEG.
4 – Futuro, Futuro
“Há outros projetos no âmbito do PEDU e Pato de Coesão que vão ser executados mas ainda estão numa fase muito embrionária”.
“Algumas destas intervenções vão levar a que haja alguns constrangimentos na vida dos Guardenses, algo que se justifica com os benefícios obtidos a longo prazo”.
“No total e no âmbito do PEDU e Pacto de Coesão o investimento ronda os 12 Milhões de euros, financiados por fundos comunitários, obras que têm que estar concluídas no máximo até 2022”

sábado, 14 de setembro de 2019

Linha do Douro - Barca de Alva


Por Jcornelius - Obra do próprio, CC BY-SA 4.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=34088997
Anda por aí a correr uma petição para ser aberta a linha do Douro entre o Pocinho e Barca de Alva e depois seguir para Espanha.
O Primeiro subscritor é Miguel Cadilhe.
Ora lendo o que se segue, a “bíblia” wikipedia, lembra-nos que a memória do homem é curta e a memória da wikipedia é grande
“Miguel José Ribeiro Cadilhe é um político e economista português”.
“Foi secretário de Estado do Planeamento em 1980 e ministro das Finanças por quatro anos, entre fins de 1985 e inícios de 1990
“ …já nessa altura se defendia a manutenção do tramo em território nacional, devido às potencialidades da Linha do Douro como destino turístico, em conjunto com a promoção do Vinho do Porto”
“Em 1979, a empresa Red Nacional de los Ferrocarriles Españoles operava uma automotora Ferrobus entre Barca de Alva e La Fuente de San Esteban”
“Em 1984, o estado espanhol decidiu encerrar o troço entre La Fuente de San Esteban e La Fregeneda, deixando sem quaisquer serviços, igualmente, o troço internacional entre esta última localidade e Barca d’Alva e como tinha sido previsto, foi concretizado no dia 1 de Janeiro de 1985”
“Em 1988, foi encerrado o troço entre o Pocinho e Barca d’Alva”

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Figos, Flores e Respeito


1 – Figos
A figueira particular invadiu o espaço público da Rua do Campo. Segundo a lei quem quiser pode abastecer-se de figos, se os houver.


2 - Flores
No Jardim dos Castelos Velhos já se nota o trabalho desenvolvido pela nova empresa de tratamento das flores



3 - Respeito
Estava previsto que as restrições ao estacionamento no parque do Mercado Municipal começassem no dia 12 de Setembro.
No dia 11 pela tarde já o estacionamento estava condicionado. Trabalhar por antecipação ou desprezo pelos Munícipes?

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Reuniões do Executivo Camarário


Respingos das actas de 22 de julho de 2019 e 12 de Agosto de 2019
1 - As obras de requalificação da Torre de Menagem estão suspensas.
Porquê? Porque há um auto de suspensão de trabalhos.
2 – Noite Branca
O Vereador da oposição perguntou ao Presidente porque é que tinha sido suspenso o evento “Noite Branca” ao que o Presidente respondeu que não tinha sido suspenso mas que decidiram não o realizar.
3 – A Máquina da CP
O debate da máquina na rotunda também passa por isto: Se a CP é do País e a máquina é da CP então tanto faz estar na Guarda como no Barreiro e por isso a Guarda deveria fazer valer os seus direitos
4 – A palavra ao Munícipe
Um Munícipe pediu a palavra para ler um ofício sem resposta. O Presidente comprometeu-se a localizar o ofício e a averiguar o estado em que se encontra a sua exposição
5 – E relativamente à dívida às águas de Portugal disse o Presidente:
“Que não tem tido muita informação desde a última reunião. Informou que a pedido do senhor Secretário de Estado do Ambiente, tinha sido agenda uma para a próxima quarta-feira, que, entretanto, foi adiada por terem sido convidados pelo senhor Ministro da Administração Interna para estarem presentes numa sessão nesse mesmo dia. Julga, por isso, haver alguma vontade dos intervenientes, nomeadamente da administração central, em ajudar a ultrapassar aqui algumas vicissitudes. Disse existirem questões diversas e até um pouco contraditórias, na medida em que o Tribunal Administrativo entendeu declarar-se incompetente e remeteu para o Tribunal Arbitral. Caso não haja, entretanto, alguma capacidade negocial, terão que defender, como têm feito até ao momento, o interesse municipal num contrato que consideram que desequilibra e ofende as regras da sua formação”
6 – E sobre o Quartel da GNR disse o Presidente:
“Têm sido realizadas obras no comando e estão previstos cerca de 1.8 milões de euros, na Lei da Reprogramação Militar, para requalificar o espaço. Seguidamente explicou as obras que estão previstas realizar para modernizar o equipamento, dar eficiência e mobilidade ao espaço, criar novas acessibilidades ao centro da cidade e sobre as quais tem havido contactos com os responsáveis locais e nacionais, designadamente com a Secretária de Estado da Administração Interna”
7 - E sobre o Parque de Campismo foi dito:
Foi necessário gastar mais 17 3881, 99 Euros mais IVA porque “Os trabalhos, embora separáveis (da obra principal) são estritamente necessários à conclusão da obra que não se realizaria de modo satisfatório” e por isso “A execução destes trabalhos torna-se necessário na sequência de uma circunstância imprevista. São trabalhos decorrentes de uma circunstância que ainda que porventura previsível, não foi prevista, porque se tivesse sido, seriam contemplados no projeto da obra e no contrato inicial”

terça-feira, 10 de setembro de 2019

O futebol sénior no Distrito da Guarda



Vão começar os campeonatos distritais e taças de honra da Associação de Futebol da Guarda, E como vais isto de futebol?
Na primeira divisão (1ª) vão competir 14 equipas
Na segunda divisão (2ª) vão competir 7 equipas
O Concelho Seia não tem em clubes a disputar campeonatos de seniores
O Concelho de Figueira de Castelo Rodrigo tem uma equipa no Campeonato de Portugal
E como vai a Guarda cidade? Muito mal. Apenas uma equipa na 2ª divisão
Potencialmente haveria duas equipas a disputar os campeonatos.
A Guarda Futebol Clube criada este ano e que naturalmente começa na 2ª divisão.
A outra equipa a Guarda Unida Sport Clube que tinha grandes ambições de chegar aos campeonatos de Portugal em poucos anos e que este ano não se inscreveu no campeonato da 2ª divisão. Morreu o projecto? Os investidores cansaram-se? O que realmente aconteceu?
Nesta época 2019/2020 as equipas distribuem-se por concelho assim:
Concelho Aguiar: Aguiar da Beira (1ª)
Concelho Almeida: Almeida (1ª). Vilar Formoso (1ª)
Concelho Celorico: Celoricense (1ª)
Concelho Fornos: Fornos de Algodres (1ª)
Concelho Foz Côa: Freixo de Numão (2ª). Foz Côa (1ª)
Concelho Gouveia: Nespereira (2ª). Paços da Serra (2ª). Gouveia (1ª). Vilanovenses (1ª)
Concelho Guarda: Casal Cinza (2ª). Guarda Futebol Clube (2º). Vila Cortez (1ª)
Concelho Manteigas: Manteigas (1ª)
Concelho Meda: Meda (1ª)
Concelho Pinhel: Pinhelenses (2ª). 
Concelho Sabugal: Sabugal (2ª). Soito (1ª)
Concelho Trancoso: Trancoso (1ª). Vila Franca das Naves (1ª)

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Obras de misericórdia


Foto política do ano político: Rádio Altitude
António Costa passou por Gonçalo e não foi em campanha eleitoral.
E assim como um bom pastor veio cumprir 7 das 14 obras de misericórdia e assim reconciliar e reconciliar-se com os seus companheiros.
E de uma só assentada cumpriu o dever 7 vezes num só dia.
1 - Aconselhar os duvidosos
2 - Advertir os pecadores
3 - Suportar os erros pacientemente
4 - Perdoar as ofensas de bom grado
5 - Confortar os aflitos
6 - Abrigar os sem-abrigo
7 - Visitar os cativos
Por este andar ainda virá mais vezes. Há muito para perdoar. Mas também para condenar. E os condenados serão condenados ao fogo do inferno da insignificância e do esquecimento

sábado, 7 de setembro de 2019

Sunset 1056 – M80


Hoje há sunset na Torre de Menagem
Aquisição de Serviços para a festa M80@Sunset1056 à empresa WE ARE MUSIC, LDA de Paço de Arcos
Desta vez é barato, 10.000,00 € mais IVA para a festa. Os preparativos ficam na conta da casa.
E o que diz a WE ARE MUSIC, LDA sobre a festa M80:
“A M80 é das rádios mais ouvidas em território nacional e criou uma festa para celebrar e honrar os maiores hits dos anos 80 até aos dias de hoje”.
“As festas M80 são sinónimo de sucesso garantido, com espaços sempre escolhidos a dedo em cada distrito do país”.
“Noites memoráveis, com animação repleta de êxitos dos anos 80 a cargo dos VJ´s Nélson Miguel, Francisco Gil e Jay Lion”.
Pronto, divirtam-se mas lembro que a na Senhora dos Remédios a festa promete.

quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Geopark Serra da Estrela


Ainda não está concluído o processo da confirmação da Serra da Estrela com Geopark da UNESCO e já começou a guerra da localização da sede.
Onde vai ficar a sede, já se pergunta. E quem faz a pergunta são os que apregoam a descentralização e por isso defendem a sede na sede do concelho, em vez de defenderem a(s) sede(s) nas aldeias mais desertificadas.
E por isso eu proponho:
Sede para a Presidência do Geopark: Vila Soeiro
Sede para o Secretário do Geoparkk: Sameiro
Sede para o Tesoureiro do Geopark: Verdelhos
Sede para o primeiro Vogal do Geopark: Sabugueiro
Sede para o segundo vogal do Geopark: Aldeias
As reuniões gerais dos membros, sócios, funcionários, habitantes serão realizadas alternadamente na UBI e no IPG sob a Presidência do respectivo Presidente
A bem da Nação e da descentralização

quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Mercearia de especiarias finas


A Rua da Torre vai ter uma nova loja.
Vai abrir em breve e desejo sorte
Vamos poder comprar especiarias finas.
Aquela rua está a animar.
De memória, na rua da Torre está o Guidos Bar e seus comeres e beberes, a Espingardaria Prudente com artigos de caça e pesca, a Loja do Espigado e os seus metais e a Roupas da Biba e Casa do Bom Café com tudo o que é bom e doce.

terça-feira, 3 de setembro de 2019

Serra da Estrela e o Geopark Mundial


Pode ter sido um grande dia para a Serra da Estrela. A notícia que informa que a candidatura da Serra da Estrela a Geopark Mundial foi aceire era esperada e aguardada com alguma ansiedade.
A informação que nos é transmitida pela comunicação social é que não é muito clara, embora se compreenda
1 – Dois títulos
“UNESCO aprova candidatura da Serra da Estrela a “Geopark Mundial”
“Serra da Estrela já é Geopark UNESCO”
2 – A informação
“A candidatura da Estrela a Geopark Mundial foi aprovada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – UNESCO na 4ª. Sessão do Conselho de Geoparks Mundiais, que se reuniu desde sábado até hoje em Gili, na Indonésia», foi hoje anunciado pela Associação Geopark Estrela, através de comunicado”.
3 – A espera
“Após a aprovação, resta agora aguardar o parecer do Conselho Executivo da agência das Nações Unidas, segundo a mesma nota”.
4 – A festa
As canas já estão no ar, dentro e breve, ouvir-se-ão a troar os morteiros e o fogo de lágrimas ver-se-á ao longe. O dia será de festa. Com curiosidade aguardamos para ver quem se vai colar..

domingo, 1 de setembro de 2019

Recuperação da Torre dos Ferreiros


Não há muito tempo, quando se recuperava um castelo com cimento era um escândalo Nacional.
Agora não sei.
A Torre dos Ferreiros está a ser recuperada, estarão a usar cimento ou recorrem aos métodos tradicionais?

Nota: Nestas coisas eu não sou fundamentalista. Devem usar-se materiais actuais sempre que tecnicamente e esteticamente isso seja possível e recomendado.

sexta-feira, 30 de agosto de 2019

A Associação para a Criação de gado e outras actividades na Quinta da Maunça


Foto: Junta de Freguesia da Guarda
Quem me sabe fazer o ponto de situação daquela associação a quem foi atribuída uma sede na Quinta da Maunça?
Que trabalhos ou projectos já apresentou?

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Adro da Capela do Bonfim

Não sei se a limpeza do Adro e Jardim da Capela do Bonfim pertence à Diocese ou à Câmara.
A verdade é que a aquele espaço continua a degradar-se

quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Um castelo na rotunda


Trancoso entrou no lote das terras com rotundas candidatas ao primeiro lugar do “Campeonato Nacional de Rotundas”
Colocar uma cópia da “Porta do Castelo” numa rotunda e em granito como se fosse verdadeira não lembraria a muita gente.
Tem uma vantagem, os visitantes chegam à rotunda e seguem para outro lado e podem dizer depois que viram e visitaram o castelo.
Para turismo rápido e de massas é uma ideia genial

terça-feira, 27 de agosto de 2019

O carro abandonado e a corrida de bicicletas


Afinal parece que vale a pena não corresponder aos avisos de estacionamento nos dias de eventos.
Aquele carro está ali abandonado há meses
Está abandonado na paragem do autocarro.
A corrida de bicicletas utilizou aquele espaço e o carro lá ficou.
As fitas e os papéis pendurados nas árvores também lá ficaram
Esperam todos, Nós Portugueses somos assim. É para ir fazendo.

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Ai flores, ai flores: Adjudicações da manutenção dos jardins

Já foi adjudicada a manutenção dos jardins da Guarda. Ainda não foi publicada a adjudicação no Portal Base.
Ganhou a AgroPortugal, de Aguiar da Beira em detrimento da SDRC, Lda que apresentou a proposta de 231 496 Euros mais IVA.
Em 2017 a Manutenção e conservação de espaços verdes públicos na cidade foi adjudicada à SDRS -Soluções de REabilitação de Construção Unipessoal, Ldª por 119.769,48 € mais IVA
Em 2018 a Manutenção e conservação de espaços verdes públicos na cidade foi adjudicada à SDRS -Soluções de REabilitação de Construção Unipessoal, Ldª por 262 879,20 Euros mais IVA
Entretanto em 2019 já foram adjudicados dois trabalhos à SDRS -Soluções de REabilitação de Construção Unipessoal, Ldª a saber:        
Reparação de Danos no Parque Urbano do Rio Diz decorrentes dos estragos da FIT 2019 por 34.985,00 Euros mais IVA
Serviços de Manutenção de Espaços Verdes na Cidade da Guarda por 19.990,00 Euros mais
Sem cometários e apenas para que conste.


Adenda:
Foi hoje publicada no Portal Base a adjudicação a Jose Luis Coutinho de Sousa, Unipessoal, Ldª por 231.496,59 € mais IVA
O contrato é por 10 meses pelo que para o ano no verão veremos os jardins secos
O anúncio do concurso foi publicado em DR no dia 27 de Março
Não foram publicados os concorrentes do concurso

domingo, 25 de agosto de 2019

Piso de Varandim ao Deus dará


O varandim deste prédio sendo privado é utilizada diariamente por dezenas de pessoas.
O Piso está em estado deplorável ponto em perigo quem o utiliza.
Sendo o arranjo da responsabilidade do(s) proprietário(s) já a utilização e a abertura ao piublico pode depende da autorização da Câmara dado o perigo que representa.
Há algumas quedas e muitas reclamações, mas nada sucede

sábado, 24 de agosto de 2019

Meter o bedelho em transportes alheios


Hoje faço um desvio e meto o bedelho nos transportes.
Tabela de recebimentos dos motoristas de matérias perigosas, segundo a ANTRAM e publicada por jornal ECO.
Notas a aguardar respostas
1 - Enviei um pedido à Ordem dos Advogados para entrar para a Ordem
2 - Fiz um pedido de inscrição no sindicato STOP dos professores
3 - Fiz um pedido de inscrição no sindicato dos aviadores
4 - Estão em curso outros pedidos

sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Festas e Feiras


Passei há uns dias por uma cidade onde era anunciada uma “Feira das Cebolas”.
A feira iria decorrer durante 8 dias, de sábado a sábado.
O programa, com direito a inauguração pelas altas entidades oficias convidadas da cidade, incluía a venda de cebolas e um programa cultural de música.
O programa das festas incluía Ranchos Folclóricos 14. Grupo de Cordas 1. Grupo de Concertinas 2. Tuna 1. Noite de Fados 1
O programa de vendas, e no primeiro dia, que eu presenciei, estavam dois vendedores de cebolas.
As cebolas estavam bem embraçadas. Havia um extra de cabaças com torneira prontas a utilizar.
A organização pertence a uma Associação Cultural e à Câmara Municipal da cidade.
Para o Autarca foi muito bom, muita festa e poucas cebolas
Para os produtores foi mau, poucas cebolas e muita festa
Infelizmente ainda se vê pelo País fora este tipo de eventos. Gastar pouco com os produtores e muito com as atrações

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Ai flores, ai flores

Flores 1 – Uma História mal contada
Foi-nos dito que ninguém podia tocar nas flores enquanto não estivesse resolvido o litígio entre duas concorrentes à adjudicação da manutenção dos jardins
Litígio resolvido e o que vemos? Pois, funcionários da Câmara a tratar dos jardins.
Coincidência ou o contrato integra os funcionários da Câmara?

Flores 2 – A crise chegou à caixa
A crise das flores também chegou à fachada da CGD
Estão a morrer por falta de água as flores que embelezam a fachada.