quarta-feira, 26 de julho de 2017

Incêndio não é festa

O fogo também já chegou aos concelhos da Guarda, Pinhel e Almeida.
Ardeu muita coisa. Felizmente as pessoas salvaram-se.
O Presidente da Câmara da Guarda decidiu escrever ao Comandante Distrital de Operações e Socorro da Autoridade Nacional de Portecção Civil.
E não foi para louvar. Foi para criticar. E para mostrar que quer ser o "dono disto tudo"
E quais as críticas?
1 – O Presidente da Câmara da Guarda não gostou que o Posto de Comando fosse instalado no concelho de Almeida e não no concelho da Guarda
2 – O Presidente da Câmara da Guarda ficou muito magoado por não ter sido convidado para o “briefing”, onde estiveram autarcas dos concelhos afetados.  
3 – O Presidente da Câmara diz que a carta “é a expressão de protesto em seu nome, dos presidentes de junta e de tantos homens e mulheres das várias aldeias que manifestaram apreensão pela falta de coordenação”
(Fonte informação: Notícia da Rádio F)
Só Deus nos pode ajudar e ele não é deus.

terça-feira, 25 de julho de 2017

É sempre Natal

“ Natal é quando o homem quiser”
(São Papai Noel)
“Quem não gosta de Festas, não gosta de trabalhar”
(Santo Amaro)
 “Venham lavradeiras, Mondadeiras
Deste campo em flor, Venham enlaçadas
De mãos dadas, Semear o amor
Ergue-te ó Sol de Verão, Somos nós os teus cantores”
(São José Afonso)

domingo, 23 de julho de 2017

Os Postes no Passeio

A Rua Nuno Álvares já foi qualificada, requalificada, voltada a requalificar, para aí meia-dúzia de vezes.
E os postes lá ficam, imponentes e a atrapalhar que vai e vem por aquele passeio.
Até parece que são obras de arte e intocáveis.
Eu já coloquei aqui várias vezes o tema, mas lá estão.
Com tantos planos de mobilidade urbana ainda ninguém reparou e estudou aquele passeio.
Ora façam lá o jeito, nesta época tão querida dos Portugueses.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Posto de Transformação

Este esbelto Posto de “Transformação”, talvez pertença da EDP e a quem lavaram a cara há bem pouco tempo, está a ser transformado numa lixeira.
Quase no centro da Cidade, Bairro do Bonfim, nas traseiras da Capela do Senhor do Bonfim.
Vamos esperar que não tenha um mau fim

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Publicidade autárquica

Durante a apresentação das listas de Álvaro Amaro aos diversos órgãos autárquicos foi passado um filme que pretende mostrar as grandes obras realizadas durante os últimos 4 anos.
Por curiosidade natural fui ver o que nos era apresentado.
Por opção retirei o som durante o visionamento do filme, que tem 5 minutos.
Abertura com festa e fogo-de-artifício e depois é uma sequência de imagens com algumas palavras de propaganda assim do género autoestima, fizemos, avançou construímos, trabalhamos, sucesso, etc.
E o que vi fica aqui resumido, podendo haver algumas omissões, não propositadas.
Mercado Municipal, Relva do Campo do Zambito, Assinatura de protocolo de investimento, Jardim José de Lemos, Centro Coordenador de Transportes, ruas da Guarda, Festa de Carnaval, mais Festas, Ruas, Rotundas, Volta a Portugal, Festas, mais 60% de turismo, FIT, Feira Farta, PLIE, Parque TIR da PLIE, mais 51 lotes, mais 20 milhões, empresa Dura, Estradas, ruas das Freguesias, 70 ruas pavimentadas, 50 Km estradas requalificadas, mais 7 milhões, Requalificação do Parque Urbano, mais 15 milhões, Centro Coordenador de Transportes, mais rede de água, mais 500 postos de trabalho, empresa Gelgurte, passivo menos 45 milhões, mostra de imagens de todas as freguesias, desfile do Cobertor de papa, Rotundas, Festas, Congresso Identicidades, Marchas Populares, Fogueira de Natal, Rotundas, Morte do Galo, Rotundas, Passadiços, Festas.
E aí está para apreciação.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Passivo (-) menos 45 milhões e uma nova Auditoria

A Câmara contratou uma Auditoria, suponho eu que é às contas da autarquia, como o Presidente anunciou que iria mandar fazer e para comparar com aquela que foi feita há quatro anos.
Mais uma despesa desnecessária, porque as conclusões já foram apresentadas: reduzimos em 45 milhões de euros o passivo.
Dando de barato que numa auditoria encomendada os objectivos e conclusões são definidos à partida, vamos escrever qualquer coisinha sobre os números
Em 2013 o passivo era anunciado, por auditores encomendados, como sendo de 92 milhões
Em 2017 o passivo é anunciado com sendo de (92 milhões – 45 milhões) = 47 milhões de euros
Ora também se sabe que as Águas de Portugal reclamam 27 milhões de euros e que o Presidente não aceita e por isso não estão nas contas, logo o passivo é no mínimo 74 milhões de euros
Ora se na coluna da esquerda, passivo, estão ou deveriam estar 74 milhões e se na coluna da direita, a receber, não há nada, então a dívida da Câmara é 74 milhões de Euros
Ora estes 74 milhões de Euros comparam com os 52 milhões de Euros em 2013 e que são as contas oficiais da Autarquia.
Estes são os meus números, com a minha interpretação, aguardamos a auditoria encomendada, com a interpretação oficial e depois as contas oficiais da República, que são as que valem.
Nota de encomenda da Auditoria:
Descrição - Aquisição de Prestação de Serviços de Auditoria Externa
Fundamentação da necessidade de recurso ao ajuste direto (se aplicável) - Ausência de recursos próprios
Entidade adjudicatária -Marques da Cunha, Arlindo Duarte & Associados SROC Lda
Objeto do Contrato - Aquisição de Prestação de Serviços de Auditoria Externa
Data de celebração do contrato - 11-07-2017
Preço contratual - 17.500,00 €
Prazo de execução - 20 dias
Concorrentes – Não indicados
Anúncio – Não indicado
Contrato – Não publicado
Documentos - Notificação de Adjudicação

terça-feira, 18 de julho de 2017

Novos parcómetros na cidade

A Câmara encomendou por adjudicação directa 33 438 Euros de parcómetros à empresa Soltráfego
No contrato não é dito se é para substituição dos parcómetros antigos e quase sempre avariados, se para criar novas zonas de estacionamento pago.
Será desta vez que a área circundante ao jardim José de Lemos e o parque de estacionamento Francisco Salgado Zenha terão estacionamento pago?