domingo, 21 de Setembro de 2014

Fórum Económico Mundial

Ninguém se congratulou com os resultados divulgados pelo Fórum de Competitividade Mundial, por termos subido 15 lugares na classificação geral da competitividade que analisou 148 países e agora estarmos em 36.
O PS anda ocupado com as eleições internas e não leu o relatório, o PSD não esteve interessado em divulgar porque é o retrato do falhanço das suas medidas para reformar e modernizar o País.
Vejamos os pontos principais e o lugar que ocupamos no ranking de 148 países:
Dívida pública 138
Incentivos ao investimento 129
Fragilidades macroeconómicas 128
Flexibilidade das leis laborais 119
Dificuldades em obter crédito 108
Carga de regulamentos do governo 108
Défice público 107
Desperdício de gastos públicos 88
Transparência das decisões 81
Escolas de gestão 4
Infraestruturas rodoviárias 2
Infraestruturas gerais 12
Disponibilidade de cientistas e engenheiros 8
Qualidade das instituições de investimento científico 18
(Manuel Carvalho. Jornal Público, “Um ranking com o fantasma de Sócrates”
Para o Fórum, a burocracia, a carga fiscal e o acesso ao financiamento são os três factores "mais problemáticos" para o desenvolvimento de negócios.
Entre os pontos positivos estão as infraestruturas, o ensino primário e superior e a preparação tecnológica.
Apesar de terem acabado com muitas medidas do que de bom fez o Governo Sócrates, ainda estamos bens classificados. O que de mau fez em pouco foi melhorado.
É por isso que só o CDS e por intermédio de Pires de Lima, Ministro da Economia, abordou o tema e de uma maneira muito leve.

sábado, 20 de Setembro de 2014

Hospital Sousa Martins (velho) – O Tecto desabou

Notícia da Rádio Altitude:
“Uma parte do tecto de uma ala do serviço de obstetrícia do Hospital Sousa Martins, na Guarda, desabou na noite de quarta para quinta-feira. Não houve danos pessoais mas é mais um sinal da degradação dos antigos edifícios, onde ainda funcionam valências que não foram transferidas para o novo bloco do Hospital e que aguardam pela segunda fase do projecto de requalificação e ampliação. A Unidade Local de Saúde procura tranquilizar funcionários e utentes, garantido que há técnicos a avaliar as condições estruturais dos edifícios”.
Então não estavam previstos uns trocos, não uma pipa de massa, para remodelação do hospital velho?
Então o anúncio do Ministro da Saúde foi só para enganar Guardenses?
Então o Presidente do Conselho de Administração não vem dar uma explicação?
Então o poder político da Guarda não vem dizer nada?
Claro que só aparecem nas grandes ocasiões.

sexta-feira, 19 de Setembro de 2014

Congresso Distrital da Guarda do PS

No próximo domingo, há congresso do PS distrital da Guarda.
A distribuição dos delegados por concelhia é a seguinte: (Notícia do Jornal Terras da Beira)
Celorico – 60 delegados, será a mais representada
Foz Coa – em segundo lugar no número de delegados, quantidade não indicada
Seia – em terceiro lugar no número de delegados, quantidade não indicada
Fornos 12 delegados
Guarda 10 delegados
Aguiar da Beira 8 delegados
Sabugal 8 delegados
Figueira de Castelo Rodrigo 7 delegados
Gouveia 6 delegados
Almeida 4 delegados
Meda 4 delegados
Trancoso 4 delegados
Manteigas 3 delegados
Não sendo distribuídos convites a independestes e simpatizantes, a abertura é coisa que não existe, e não fazendo ideia se a Comunicação Social tem entrada livre neste conclave, iremos ouvindo coisas durante vários dias, sobre o que lá se passou.
Sem comunicação oficial dos trabalhos, a especulação é óbvia e há uma que se vai colocar: o candidato pela Guarda às eleições legislativas.

quinta-feira, 18 de Setembro de 2014

Um longo fim-de-semana (Adiado devido ao mau tempo)

É já no próximo fim-de-semana que a Guarda vai ter dois grandes acontecimentos, são dirigidos a tod@s @s que queiram vir à Guarda, quer Portugues@s, quer Estrangeir@s, nov@s e velh@s. Do programa retirei o que se segue. Utilizei o Translito.com para perceber o que se vai passar.
Utilizei o @ porque parece ser a nova escrita Portuguesa, quando queremos referir masculino e feminino o/a=@, já li isto em muitos documentos oficiais e ninguém se queixa)
No Parque Urbano do Rio Diz:
Hidden Revenge (Vingança oculta)
Airsoft (Ar macio)
(Com o Alto Patrocínio da Câmara Municipal da Guarda)
No Centro Histórico:
The Long Week end - TLW (O fim de semana longo - TLW)
Kidzone  (Zona de criança)
Pop-up  (aparecer)
Showcookings (Visualizar aquecedores)
Sunset mega lounge (Mega Pôr do sol na sala de estar)
Make-up corner (Compõem o canto)
Workshops (Oficinas)
Sunset Party (Festa do sol)
Cocktail show (espetáculo de bebidas)
Ainda pode contar com a música de DJ e grupos: Bay, Nudje Lounge, Left, Sam U Lounge, The undercovers, 2 Ways Acoustic.
Passagem de modas e 800 metros de passadeiras azuis na zona das festas. O programa completo pode ser consultado.
Espero que se divirtam se o tempo ajudar

quarta-feira, 17 de Setembro de 2014

terça-feira, 16 de Setembro de 2014

Mobilizar contra alguém

Pinto da Costa e José Mourinho introduziram em Portugal a gestão de emoções utilizando o lema “motivar contra alguém”. Deu resultado enquanto foram capazes de mobilizar os meios de comunicação social e os seus simpatizantes na difusão das suas guerras contra o mundo que estava centrado em Lisboa.
Passos Coelho, bom aluno de vários mestres, seguiu-lhes os passos e criou várias guerras e motivações, “Privados contra Públicos”, “Jovens contra Reformados”, “Alunos contra Professores”, “Pobres contra Ricos” entre outras.
António José Seguro, também bom aluno inventou as guerra “O Interior contra Lisboa” e com isso quer atingir António Costa que é Lisboeta.
Infelizmente estas guerras apenas acirram os ânimos dos seguidores mais ferrenhos e provocam feridas muitas vezes incuráveis ou só se curam quando as garras forem cortadas, ou por morte natural ou por incapacidade física.
Dizer que os Governantes são de Lisboa e não estão em Lisboa é o resultado de uma profunda amnésia que o faz renegar o seu passado de Deputado e Governante do Interior e esquecer-se dos muitos colegas de “profissão” que teve ao longo da sua longa carreira política.
Já agora um desafio: Elenque sff as obras que conseguiu para o seu Interior Beirão, nomeadamente o seu Distrito da Guarda.
Já agora para clarificar, se ainda não estiver clarificado, sou contra António José Seguro. 

Apresentação de cumprimentos

O fotógrafo estava lá para documentar a apresentação de cumprimentos do Presidente da Câmara da Guarda, Álvaro Amaro, a D. António Moiteiro, novo Bispo de Aveiro e natural da Diocese da Guarda
(Foto: Município da Guarda, a Guarda por si)

segunda-feira, 15 de Setembro de 2014

Já se nasce banqueiro

Confirma-se, quem não nasce banqueiro, nunca saberá gerir um banco.
Vítor Bento, não era banqueiro, era economista, aguentou dois meses na gestão do BES/Novo banco.
O novo gestor, Eduardo da Cunha, já é banqueiro e deve ter nascido banqueiro, e não sei se teve tempo para estudar outra coisa.
A biografia posta a circular pelos seus seguidores e comentadores, diz-nos que ele tem 51 anos e 30 de banqueiro, quer dizer que aos 21 já era banqueiro e ouvi dizer a M.R.SOUSA que ele andou na escola do banqueiro Osório Horta.
Bem-vindos Senhores banqueiros, os bancos continuam ansiosos pelo vosso trabalho, não são precisos economistas e financeiros.
Nota boa: É curioso a posição de alguns comentadores especialistas em economia que colocavam Vítor Bento como o homem certo, no lugar certo, no momento certo e agora, depois da demissão, não passa  um economista poeta sem nada de banqueiro. Esperemos que daqui a alguns dias não venham dizer o mesmo do novo gestor.

Sede do PNSE – Parque Natural da Serra da Estrela