sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Em busca do Hélio perdido – Episódio XXV

Novos dados, confirmados pela Administração da ULS – Unidade de Saúde Local, para preparar o episódio XXV do filme “Em busca do hélio perdido”, que deixou inoperacional a única ressonância magnética da Beira Interior.
0 – O aparelho custou 1 milhão e 700 mil euros e nunca funcionou
1 – O caso tem contornos próximos do crime
2 – O aparelho talvez tivesse sido desligado em abril passado
3 – O controle da máquina só podia ser desligado da zona técnica a que só alguns profissionais têm acesso
4 – O corte da energia danificou alguns componentes da máquina
5 – A reparação, pelo fabricante, não pode ser no local, pelo que têm que partir paredes para a máquina sair
6 – O orçamento da reparação supera os 100 mil euros
7 – A administração diz que está disposta a ir até às últimas consequências
8 – Há um sentimento generalizado de irresponsabilidade e passa-culpas
9 – A auditoria, que constou ter sido feita, se foi feita, não encontrou nada de anormal
10 – A Polícia Judiciária da Guarda e a Inspeção Geral das Actividades em Saúde já estão no terreno a investigar.

5 comentários:

  1. Ja vai para mais de um mês a "encher chouriços" com esta conversa. Esta administração fala e fala mas não faz absolutamente nada. É o chamado caso "nim" nim fazemos nim desfazemos. É capitalizar nos media a noticia e mais nada. Só show off. Este serviço já merecia há muito tempo uma mudança, porque assim só se perpetuam situações como esta, vejam as limitações que uma das salas tem em relação à realização de alguns exames, e comparem com as limitações que o mesmo equipamento tinha quando estava montado no serviço de rx no pavilhão 5 ao lado da antiga urgencia.
    Quem "gere" dentro do serviço estas e outras situações??
    Porque não foi chamado á responsabilidade por esta e outras situações? Quem o protege? Que interesses há aqui ocultos?
    Como esbanjam o nosso dinheiro nestas situaçoes??
    Como é possivel perpetuar este ciclo vicioso??

    ResponderEliminar
  2. outubro de 2015
    2- A Auditoria já estava a decorrer no serviço há muito tempo devido a "abusos" da Coordenação, neste momento a Administração está sentada sobre o resultado da auditoria há já cerca de +- um mês.
    3- Não havia formação planeada nem os técnicos foram avisados de tal formação, solicitem os planos de formação em serviço da Radiologia e já vêm a realidade.
    4 - Os dois técnicos supostamente contratados para abrir a RMN, nem tac´s faziam sozinhos, tudo isto é uma falácia para poderem contratar estes 2 técnicos e ainda uma outra em Gouveia por cunhas politicas, já que no concurso para reserva de recutramento que houve nenhum dos 3 conseguiu ficar no top 5, devido a falta de "curriculum" e o júri não foi permeavel a pressões, e podem ter a certeza que foram muitas e de muitos lados até ali dos lados da praça do municipio.
    5- Muito mais se fala nos corredores sobre aquele serviço.
    8 de outubro
    E quem fazia parte desse juri????
    9 de outubro
    Pressões de quem caro anónimo?! Sou funcionária da instituição e esta coisa da falta de hélio no rx tomei conhecimento pelo interior e depois pelas televisões para meu espanto, porque até aí só tinha ouvido falar, no que diz respeito a esse serviço, de uma auditoria interna no seguimento de queixas apresentadas pelos técnicos e administrativos em relação ao técnico chefe, e são coisas que me é difícil acreditar. A ser verdade fico chocada como mulher.
    Caro anónimo, parecendo ser conhecedor da real situação nesse serviço, sendo anónimo, não terá medo de partilhar o que sabe?!
    10 de outubro
    Caro anónimo vi que sabe da auditoria que decorreu no serviço o que deixa muito a desejar feita por auditores internos que há tanto tempo que foi realizada e não se vê nem se sabe nada das conclusões é triste
    6 de outubro
    Caro anónimoObrigado pela correcção e pela informação.
    6 de outubro
    Então, aqui, há gato com rabo de fora. Apurem -se responsabilidades totais.Não brinquem connosco! Com a nossa saúde e com os dinheiros públicos.
    6 de outubro
    Como utente e mulher e depois de ler este post não posso deixar de dar o meu testemunho, há cerca de mês e meio sensivelmente necessitei durante um fim de semana de ir até às urgências da uls, a dada altura e por indicação médica foi-me prescrito a realização de um rx, e não posso deixar aqui de manifestar o meu espanto que quando chego ao serviço de radiologia e enquanto aguardo para ser chamada ouço vindo de dentro do serviço uma berraria/gritaria de uma voz de homem que falava se bem que eram mais berros do que outra coisa para uma senhora com uma arrogância, prepotência, desrespeito gritante, uma total falta de educação, mais tarde um senhor que vim depois a saber que era alguem de responsabilidade no serviço saíu com uma cara do mais desagradável possível, altamente mal educado para com os utentes que esperávamos para ser atendidos.
    Achei que esta falta de cavalheirismo já não existia nos nossos dias, mas constatei que tal facto afinal ali estava à vista e ouvido de todos quantos ali estavamos.
    Este cavalheiro de cavalheirismo não teve nada para com a senhora com quem falava.
    Como cidadã desta cidade e utente fiz questão de ir procurar contactos da uls para poder manifestar o meu repúdio por tal lamentável situação.
    Fiz questão depois de enviar a minha opinião para o contacto do mail do gabinete da qualidade e também para o gabinete das relações públicas.
    Se em futuras visitas tornar a assistir a semelhante situação, vou pedir identificações dos intervenientes e escrever no Livro Amarela da Instituição.

    ResponderEliminar
  3. 8 de outubro
    Há técnicos de Rx que pensam que são donos do hospital, esquecendo quem lhes paga o vencimento mensal.
    E ficam muito chateados quando alguém tem de fazer um Rx...
    Mais trabalho... Oh que chatice...
    8 de outubro
    Como em todas as profissões deverá haver gente com mais ou menos vontade.
    8 de outubro
    Taxos há para novos como para velhos ( às vezes estes ainda são os piores, quer pela postura enraizada como desempenham as suas funções e quer pela ginastica moral que fazem para se manterem eternos no tacho).
    Para muita gente planear em função do "core business" da instituição não existe, limitam-se apenas a manter o seu "status quo", mesmo que para isso tenham de ser arrogantes e ditadores para com os seus pares.
    10 de outubro
    Caso nítido para processo crime e nada se faz só neste pais ...
    7 de outubro
    O Helio està dentro de um taxo?
    7 de outubro
    TAXOS É O QUE MAIS ABUNDA NA ULS!!!
    8 de outubro
    Tachos, panelas e até alguidares
    21 de outubro
    A novela RMN continua hoje no jornal de noticias.

    ResponderEliminar
  4. Mais uns dias se passaram e nada se sabe.
    Tanto tempo perdido...
    Como pode continuar a haver tanta displicencia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enfia-lhe radão que isso bomba mais

      Eliminar