terça-feira, 11 de julho de 2017

Lentilhas Extra quase esgotadas

Com o aproximar das eleições aumenta de modo exponencial o consumo de Lentilhas Extra.
Neste último fim-de-semana restavam estes 3 pacotes num supermercado da cidade.
Inquirido, o chefe respondeu que não sabia se iriam repor os stocks nos próximos tempos 
dado que em todo o País está a aumentar a procura e nestes casos a prioridade é para os grandes centros.
Cada meio quilo a noventa e nove cêntimos estão baratas. Admito que é por via da concorrência e não da procura a não se que os procurados estejam a preço de saldo.

13 comentários:

  1. O Partido Socialista vai apresentar as listas no próximo sábado, dia 15, no Jardim José de Lemos.
    Terá a oportunidade de mostrar que tem feijoca de própria colheita e de boa qualidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é mentira, não lancem boatos.

      Eliminar
  2. Deveria haver também à venda " pingos de vergonha"

    ResponderEliminar
  3. O que consta, por aí, e é vergonhoso, é que haja alguns que estão à frente de associações recreativas, desportivas e até culturais e alguns responsáveis de escolas, a diferentes níveis,embora com algum passado, por simpatia ou adesão a certos partidos de esquerda, se tenham vendido por lentilhas. Aliás, é uma matéria que não passou à margem dos mais atentos.Habilidades políticas, hipocrisias políticas e fraquezas.Afinal, manipulação.

    ResponderEliminar
  4. Hipocrisias, sobretudo!

    - Carlos Pissarra

    ResponderEliminar
  5. Dois ex-dirigententes militantes do PSD na campanha do PS, no palco do AA eram mais os militantes do PS do que do PSD... Isto é tudo uma nojeira!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como esta gente parece ser das cores todas certamente Antonio Costa resolve o problema das recusas para secretarios de estado na guarda em menos de 1 minuto, com tanto salta pocinhas será fácil, há gente que só quer um taxito seja ele qual for e de que partido for, nem que para isso tenha de renegar o passado politico.

      Eliminar
  6. Amaro diz não poder fechar as portas aos que do PS se vendem por lentilhas, por outro lado continua a passar por cima das estruturas do PSD e dos militantes arrogando-se o estatuto de DDT, ostracizando e vetando inclusivamente o nome de muitos militantes do partido de que julga ser também dono.

    Temo bem que o tiro lhe saia pela culatra, por um lado os "independentes" que foi buscar em nada são ou foram representativos em movimentos independentes e as suas lideranças ou poderes de galvanização de massas são nulos.

    Por outro lado tentou arrecadar um conjunto de "cromos" julgando ser representativos das associações ou dos organismos que encabeçam, acontece que essas pessoas não representam nem foram mandatadas pelas associações e organizações para a intervenção política e na maioria dos casos os associados vêm que estão a utilizar o cargo para promoção pessoal.

    Do lado do PSD há mais militantes ausentes e a manter a distância, sendo visível que os presentes não são mais do que "os mesmos de sempre". Havendo quem ouse desafiar os poderes instituídos dando a cara na apresentação de outras listas, muitos mais são aqueles que no sigilo do voto vão demonstrar o seu descontentamento face à posição despótica do autarca.

    Mais, ao "dar a mão" a militantes socialistas preterindo os do PSD está em muitos casos a ofender todos os social democratas que ano após ano lutaram e deram a cara pela cor laranja e sofreram na pele as consequências disso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Visto do ecrã do computador, a lista do PSD à Assembleia é a melhor que algum partido alguma vez teve. Uma lista à Assembleia deve ser representativa da sociedade, e não um alinhamento de militantes.

      Eliminar
    2. Uma leitura aceitável, tal como todas as outras... Um discurso coerente para quem não conhece as pessoas ou para quem quer defender o dono...

      Eliminar
    3. O ecrã do computador tem sido tão enganoso. É preciso sair do computador e das redes sociais para perceber a realidade. À frente do computador tudo parece promissor, até uma lista incongruente e com pessoas que nunca tiveram um ato de cidadania.
      Que mérito de atividade social se reconhece à candidata à Assembleia ou até aos candidatos que com ela estão nos primeiros 20 lugares? Que méritos e que capacidade de representação são reconhecidas a estas pessoas? Para além do trabalho que fazem e pelo que são pagos alguma vez fizeram outra coisa?
      Vamos sair da mediocridade e voltar a olhar para pessoas solidárias, associativas e participantes ativas na sociedade.
      Estas que agora aparecem a meio da vida e que andaram a tratar de si ao longo destes anos sem nunca se terem importado com ninguém e agora só são convidados pelas funções que desempenham deviam ter vergonha em aceitar sequer quanto mais terem a ambição.
      Amaro está cheio de gente sem ideias, sem ideologias, sem participação e sem reconhecimento.

      Eliminar
    4. Não esquecendo que alguns dos diretores de agrupamentos escolares e de associações que vão na lista, até à bem pouco tempo não permitiam que politica entrasse nos órgãos que encabeçam, tendo sido inclusivamente afastado membros por estarem ligados a forças partidárias

      Eliminar
    5. Amaro escolhe as pessoas em função dos seu interesses e não mais que isso, vai ser uma Bancada de "Yes Mr President", até porque não vão fazer nada que ele não queira.

      Eliminar