segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Sede de Poder

D. Sancho campeão Europeu
Em todo o País já mexem as Candidaturas para as eleições autárquicas de 2017.
O PS já declarou que há dez Municípios onde a luta pelo poder entre socialistas pode ultrapassar o que é razoável e as cisões são quase inevitáveis.
Os líderes concelhios tomam a poder, arregimentam os seus apoiantes e querem fazer-se eleger. Não importa a competência
O PSD pela voz do seu Presidente mandou calar toda a gente mas vai mandando recados aos seus barões, aos seus deputados, aos seus jotas e aos seus nomeados que devem chegar-se à frente, o Partido precisa deles, diz.
No BE, PCP e CDS é quase a mesma coisa, mas é tudo mais discreto, ou porque não há nada a perder ou porque o chefe (o colectivo) assim obriga.
É quase certo que nas próximas eleições autárquicas veremos muitos políticos a saltar de lugar em lugar, de câmara em câmara, de partido para independente, de independente para partido e de trocas entre partidos tal como a transferência de jogadores de clube em clube, negócio de futuro para agentes de intermediação camarária” ou mesmo como as mosca de cagalhoto em cagalhoto, Para muitos ter poder é tudo na vida e quando o alcançam são capazes de vender a alma ao diabo para o manter.
Ainda assim pode ser que alguns verdadeiramente independentes, não partidários, venham a formar listas com credibilidade e mostrem aos donos do poder que há ainda algumas vias para exercer o poder com competência e para as pessoas, não para os apoiantes.
Primeira Nota Guardense: Começaram as campanhas subterrâneas, denegrir pessoas, inventar factos e distorcer outros, a campanha parece bem organizada. Aguardamos actos seguintes.
Segunda Nota Guardense: Caso Amaro decida ir para Coimbra o PSD já tem candidato e já trabalha no terreno.

14 comentários:

  1. A única coisa que na Guarda está em causa é o que venha a passar-se com o PS. Porque qualquer "renascimento" da cidade, mesmo mítico, passa por aí.
    E tem que chover muito, para que alguma coisa possa um dia acontecer.

    ResponderEliminar
  2. Amaro se fica leva abada perante qualquer lista minimamente decente que apareça (socialista ou independente), se vai ainda tem a hipótese de ganhar ou pelo menos de ser mártir pelo partido para pedir mais qualquer coisa...

    ResponderEliminar
  3. Notas guardenses:
    O PSD está perdido com Amaro e sem ele, as freguesias rurais fogem de entre as mãos e 50% da urbana já lhe virou as costas - derrota certa!
    O PP pode esquecer coligações depois de Cristas ter anunciado ir a Lisboa, para não falar do tratamento que Amaro lhes deu na Guarda.
    O PS ainda anda à deriva desde a derrota de 2013 e os desentendimentos entre concelhia e federação não se vão sanar ainda que tentem aparentar uma paz podre.
    BE / PCP / PAN com mobilização mas sem qualquer credibilidade.
    Consta que há muitos saudosistas do movimento do G que se andam a mexer para apresentar uma lista independente...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Falar do tratamento do PP na Guarda é relativo, o tratamento foi aquele que o PP (porque de CDS não tem nada ou quase nada)quiz e se pos a jeito para ter, a partir do momento que Amaro percebeu como funcionou a dinamica interna do PP na escolha do seu representante, soube que poderia fazer o que quizesse que o PP poucas ou nenhumas ondas iria fazer, a juntar a isto o amadorismo da escolhida, com as inseguranças demonstradas em vários momentos ditaram o tratamento, veja-se a entrevista das candidatas no Altitude, veja-se a simples apresentação de uma qualquer "atividade social" manifestam sem duvida nenhuma uma gritante falta de preparação, bem como pouca ou nenhuma evolução no modo de estar na politica, veja-se o caso da distribuição de livros aos 125 alunos do 2.º ano do 1º CEB, nem na mesa estava, se esta atividade não tinha uma componente de ação social então quual tem? Será que só serve para organizar escursões aos avós a Fatima ou a Braga?
      Acrescentaria que foi completamente cilindrada pela dinâmica da acessora de Alvaro Amaro
      No campo da Saúde, Higiene e Segurança no Trabalho basta ver o estado das oficinas da própria Camara para ver que nada ou pouco menos que nada fez e desenvolveu.
      Por estas e mais algumas outras situações o PP mostrou que não soube ou não quiz estar à altura da tarefa que tinha entre mãos, não chega e afastou mais militantes do partido do que soube agragar, e bem pode passar as aldeias a pente fino a fazer propostas e a tentar e criar listas para as eleições que no momento chave as pessoas não vão estar porque já viram de que é que vai a coisa.
      Este PP não mereceu a sorte que teve, mas pior ainda este PP não soube estar a altura do desafio, e se podia ter sido o elemento que mais poderia ter surpreendido, apenas surpreendeu pela negativa.
      Fez pouco, muito pouco, soube a pouco muito pouco, o PP foi parco, faltaram-lhe uns pós de CDS.

      Eliminar
  4. Ou seja: a próxima maioria autárquica vai ser PSD+Independentes, tal como a actual, só que de casamento feito. Nada muda, Amaro vai ser reeleito pelos mesmos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu diria antes "INDEPENDENTES+psd" porque Amaro apesar de militante é mais independente que PSD

      Eliminar
  5. Ou seja a concelhia está muribunda, a federaçao nao existe.. Mas o PS apresentá uma equipa vencedora com os jovens promissores de à 20 anos atrás ? Que foram embora... E os que ficaram entregaram uma autarquia destas ao PSD?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário diz tudo sobre o PS da Guarda, eternamente à espera do D. Sancho pansa

      Eliminar
  6. Muito provavelmente com os jovens arrogantes que entregaram a camara aos laranjinhas. Risos... muitos risos... (De quem nem os socialistas gostam quanto mais nós da esquerda caviar e a populaça deve adorar).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ninguém gosta. Nem as mamas deles!

      Eliminar
  7. O PS espera por Seguro e os seus muchachos? ¥¥

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Seguro ganhava isto a brincar.

      Eliminar
  8. O mordomo vai prometer fazer obra... Vai fazer uma festa para anunciar a promessa ... Mais uma festança mais um aluguer de palco... Mais coisas.... Nao podem fazer festas com os pés assentes no chão? Os pequenos querem sempre palco.....

    ResponderEliminar
  9. Amaro é como as rotundas que tanto gosta... redondo.
    Redonda na acção porque faz sempre o mesmo e nunca vai a lado nenhum e redondo no discurso porque tanto em Gouveia como na Guarda diz sempre o mesmo e justifica-se sempre da mesma maneira e quando o tentam tirar do discurso redondo fica desnorteado e responde como melhor sabe: "Se não gostam, paciência. Fui eleito e sou eu que tenho o poder. Faço como eu quiser" E este discurso já todos percebemos que é assim porque ele não sabe fazer melhor.
    Deste Amaro e seus machuchos já sabemos o que esperar - sejam mais 4, mais 8 ou mais 12 anos pouco mais a Guarda irá ter a não ser flores, rotundas, tendas, palcos e muita musica pomba.
    A política de Amaro é como o fogo de artifício - pode ser muito linda mas não cria nada e quem vier a seguir é que terá que apanhar as canas.
    Só espero que um dia tanto ele como quem o acompanhou tenham vergonha na cara e mudem de cidade.

    ResponderEliminar